Pesquisando

sexta-feira, 9 de dezembro de 2016

[bibliotequices] promessa pra crush é dívida

Dia 02/12 foi a última prova de Sistemas de Classificação, uma disciplina bem técnica e de assimilação bizarra na cabeça de alguém que não segue uma ordem faz um bom tempo.

Sempre falando bem de Dewey, acabei descobrindo que o yankee fdp além de ser uma pessoa  altamente preconceituosa, também teve a ideia de fazer um sistema de classificação mundial em um sermão de igreja protestante.

Se há algo que vai contra meus códigos internos de boa conduta é fazer algo nada a ver em locais nada apropriados. Como o tabu de fazer sexo em bibliotecas, não me desce. Biblioteca é um lugar sagrado, e empoeirado, e cheio de acidentes prontos para acontecerem, só precisa de um empurrãozinho (Ou fricção, levem como quiser). Logo se você tem o incrível plano de classificar TUDO existente no mundo, não tem que ser vendo pastor falando.
Sério.

Discurso e ideologia, lembram?
E o que isso tem a ver com a prova?! 

Bem, eu saí bem otimista da sala, e com um entendimento sobre o assunto (CDU) com uma euforia adolescente. Sim, o orgulho próprio foi lá em cima. 

Aí como a perfeita babaca que sou (blame the fucking Aquarius) postei no Facebook que se tirasse um 10 nessa prova - e vamos relevar aqui, nunca tirei 10 em prova alguma na Biblioteconomia - Eu me declararia para meu crush2k16.

Urrum, isso aí.
Cá estou eu, indo me declarar pro crush2k16 então.

Querid@ crush2k16,

Você foi parte essencial desse semestre em todos os aspectos, me orientou de diversas maneiras em como continuar apreciando essa powha de curso que tá comendo minhas convicções e minha vontade megalomaniaca de mudar o mundo. Suas palavras ficaram bem nítidas em meu pensamento, às vezes ecoando em meus sonhos e daydreams ocasionais dentro do busão. Sem a tua presença - encontros muito especiais por assim dizer, internamente eu esperava ansiosa para te tocar, roçar meus dedos em ti e desvendar todos seus mínimos detalhes - eu mal chegaria a esse final de semestre.

Mesmo com a maioria discordando se o nosso relacionamento iria dar certo. 
Mesmo se essa nossa afeição mútua seja motivo de escárnio, decepção e estranhamente para muitos. 
Mesmo se o simples pensamento que algum dia poderei deitar minha cabeça no travesseiro e ter certeza que você está por perto e comigo me deixe com o coração na garganta e minhas mãos trêmulas. 


As pessoas não entenderiam como me sinto perto de você, e também não querem que eu fique do seu lado (escolhi a paixão por bibliotecas escolares e comunitárias, logo nosso Amor será impossível), mas tenho certeza que algum dia, algum incrível dia terei você do meu lado, ali na escrivaninha, livro de referência, o peso de papel mais bacana que seu antecessor infame.

CDU, você foi e será o meu crush2k16 mais bem sucedido desse ano horrendo. Seu índice pode até conter erros de referência, seus símbolos podem confundir os incautos, mas a sensação de manusear suas folhas foi de um aprendizado inesquecível.

CDU, meu amor, sem você eu não teria tirado meu primeiro 10 na Biblioteconomia da UFSC, não teria jogado meus conceitos sobre CDD ser melhor no limbo cósmico, não teria percebido o quão FUCKING AWESOOOOOOME é estudar as diretrizes políticas que um sistema de classificação pode conter para guiar uma biblioteca. Sem você, manual com numeração de página, traduzido no português, revisado periodicamente e com apenas 2 tomos mais leves que o rebento de Dewey, eu não seria metade da pessoa que sou agora.

Com você aprendi mais no riso do que decorando tabelinha esquisita, as suas informações explícitas me seduzem como mariposa na luz.

Obrigada tio Otlet e LaFontaine, cês eram um bando de frouxo sem graça e não-bibliotecários, mas inventaram o manual mais legal da Biblioteconomia.

Te vejo em breve em alguma biblioteca especializada ;*
$(function(){$.fn.scrollToTop=function(){$(this).hide().removeAttr("href");if($(window).scrollTop()!="0"){$(this).fadeIn("slow")}var scrollDiv=$(this);$(window).scroll(function(){if($(window).scrollTop()=="0"){$(scrollDiv).fadeOut("slow")}else{$(scrollDiv).fadeIn("slow")}});$(this).click(function(){$("html, body").animate({scrollTop:0},"slow")})}}); $(function() { $("#toTop").scrollToTop(); });