Pesquisando

segunda-feira, 23 de dezembro de 2013

prelúdios de final de ano

Okay, wtdahpowha aconteceu hoje no TICEN?
Tava lá eu de, indo pro Centro, pegar o outro pra ver minha mãe na Palhoça City, tava tranquila, escolhi repertório bom no celular, só um pouquinho agoniada com o cara do meu lado que não parava de mexer no bolso e na mochila dele, whatévis, tinha até aceitado que seria uma semana linda de se armar aquele escudo emocional rústico e aguentar as inverdades que costumam aparecer nessa época do ano. No surprises.

Até o ônibus fazer a curva no Terminal e o meu diafragma querendo atropelar todo mundo aqui dentro e sair pela minha garganta.


WTF?! A sensação já me era conhecida (Crise de pânico causada por inúmeros motivos), mas tava MUITO MUITO fora do usual. Eu já estava preparada para tudo, não estava pensando em nada em particular - estava lendo os updates do Twitter pelo celular na hora - e do nada, quando vejo, estou eu com a minha mochilinha saindo do ônibus e entrando novamente no outro a frente pra voltar pra casa. Sim, eu TIVE que voltar pra casa.

Liguei pra progenitora, disse por alto que não tava me sentindo bem, depois de muita insistência ela decidiu que ia vir pra cá, tudo bem, não vou reclamar, mas não quero entrar naquela outra plataforma, não quero, não quero e meu corpo não deixou.

The thing is: não sei se era rejeição por atravessar a plataforma e pegar o buzão pra mãe ou se era já o mal estar que estava sentindo de manhã de não querer ir pra lá. Isso porque ontem eu passei a tarde toda questionando pro além se deveria mesmo botar um pé na casa da mãe, a resposta via sonho foi bem estranha (Beeeeeeeeeeem estranha) e a as dores musculares aumentarem consideravelmente desde a sexta passada - aquele trem de tossir que nem cachorro velho provavelmente arrebentou alguma coisa aqui dentro, porque minhas costelas me matam toda vez que acordo ou quando faço um movimento de alongamento com os braços.

WTFWTFWTF?! Não vou remoer isso porque não vai me fazer bem, já acalmei pra caramba dentro do ônibus de volta, já conversei com quem poderia me auxiliar nessa. Mas ainda tou no WTF just happened?!